Header Ads

Até quando dura esse debate infrutífero? - Dário Lima


Realmente essa questão do parto fora a polêmica da semana, senão, mais uma na interminável luta diária da acusação e defesa. Tenho medo de me manifestar aqui, uma vez que, às interpretações na grande maioria sao diversas, estigando ainda mais nossa condição intrínseca de inversão de amor. Tentando ser mais didático, refiro-me ao paradoxo da nossa maneira de gostar da desconsolada Areia Branca. Ora, como acreditar que isso não é um pastoril? Ao invés do azul, teremos agora, a cor amarelo juntamente com o vermelho no duelo cujo palco, continua sendo a prefeitura situada ali no lugar de sempre. Na verdade, Areia Branca RN não é Carlos Barbosa no Rio Grande do Sul, porém para algumas pessoas pareça ser, como se estivessem vivendo em pleno desenvolvimento e nao estaguinada no tempo e no espaço como encontrava-se.

Aqui nossa beleza natural, é imediatamente esquecida quando o turista que vem é assaltado, quando seu carro cai num buraco, no momento que iria no banco do Brasil, quando ver o esgoto na rua em pleno século XXI e de mesmo modo, primitivamente pessoas com um com um ferro desentupindo bueiros. O povo apaixonado, deixou de lado quem realmente necessitava desse sentimento, e foi seguir exercitos, formando legiões como massa de manobra de pensamento pequeno e individual. Até quando dura essa debate infrutífero? Respondo, quando além de parto cesário o hospital também dispor de UTI e realizar cirurgias. Isso muito em breve acontecerá, compromisso da prefeita de todos os areisbranqueses.
Tecnologia do Blogger.